Telefone :
62 98132-4359
Endereço :
Av. T10, n.208, St. Bueno, Goiânia-GO, 74223-060, Ed. New Times Square Urban Office, Sala 2206.
Segue a Canndu:
Instagram
 

Com a recente onda de experimentos realizados com o Chat GPT, muitas pessoas se perguntam a mesma coisa, especialmente os criadores de conteúdo

 

O Chat GPT foi criado pela OpenAI, uma organização de pesquisas em inteligência artificial, sediada em São Francisco, nos Estados Unidos. A ferramenta foi lançada no final do ano passado, após anos de trabalhos e estudos.

 

Segundo a empresa criadora, o software tem o objetivo de oferecer uma assistência interativa para as necessidades diárias das pessoas, de forma segura e benéfica. Contudo, a ferramenta tem gerado especulações em todas as áreas sobre uma possível substituição ao trabalho humano e, até mesmo, a outras plataformas digitais, como o Google.

 

Os riscos da ferramenta

 

Apesar dos inúmeros benefícios e facilidades, a verdade é que o Chat GPT nada mais é do que uma super-tecnologia que simula a nossa comunicação, o que só ocorre pelo acesso a milhares de textos e outros conteúdos que já existem na internet. Isso torna a ferramenta suscetível ao erro, assim como qualquer uma, e nos garante, em parte, a improbabilidade de “substituição”, tão temida pelos criadores de conteúdo.

 

Aliás, o chatbot preocupa muitos especialistas. Além de espalhar fake news e desinformações, existem riscos ainda maiores. A ferramenta pode ser usada por pessoas mal intencionadas para criar códigos de vírus e mensagens com phishing, técnica utilizada para enganar usuários e obter informações confidenciais.

 

Como a sua base de dados foi criada a partir de textos de usuários da internet, a tecnologia também pode reproduzir discursos preconceituosos e/ou plagiados.

 

Profissões que o Chat GPT pode substituir no futuro

 

O Chat GPT é, de forma geral, feito por humanos. As interações são resultado de uma programação humana, que faz o apanhado de conteúdos criados por outros usuários e veiculados na internet. Ainda assim, apesar dos riscos apresentados acima, é possível que a ferramenta substitua algumas profissões corriqueiras do nosso dia a dia.

 

Por conta da automação de muitas tarefas, como o envio de e-mails e acompanhamento de clientes, o Chat GPT poderá ser utilizado para lidar com algumas interações iniciais, o que já é feito, em parte, pelas mensagens automáticas do WhatsApp, por exemplo.

 

Esta técnica realmente pode auxiliar as empresas a economizarem tempo e recursos. A tecnologia também pode ser usada para agendar reuniões, enviar e-mails e realizar outras atividades administrativas, mas, ainda assim, é essencial destacar que a humanização de qualquer processo faz total diferença na escolha do cliente. É o que chamamos de marketing de experiência, fundamental para os negócios.

 

Por mais que o Chat GPT possa “substituir” a mão de obra dos seres humanos no futuro, poucas profissões seriam efetivamente substituídas. Especialistas indicam que algumas áreas realmente precisam desse suporte, mas a habilidade e interação humanas seguem indispensáveis.

 

Vale ressaltar que todas as respostas geradas pelo Chat GPT são provenientes de algoritmos, com informações coletadas em artigos, notícias, livros, sites, entre outros conteúdos. Ou seja, a contribuição humana sempre será necessária.

 

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?